31.12.10

Esta é a altura

Finda o ano.

Esta é a altura em que subitamente todos se desdobram em balanços pessoais - não vá um messias aparecer sem avisar a pedir resultados - e resoluções para os novos 356 dias que entram (estando, porém, assumido que essas resoluções valem tanto como uma promessa eleitoral).

Por aqui, neste estaminé, as coisas mudaram um pouco. E vão continuar a mudar. Macaquinhos no Sótão será sempre um espaço de ideias parvas e opiniões inconsequentes, mas acima de tudo, irá reforçar o seu espírito de missão: mostrar mais caras às pessoas. Para tal, o formato dos posts terá de sofrer um ajuste, saindo com mais frequência e menos texto. Chama-se evolução*. Mas também há quem lhe chame preguiça.


*Evolução, senhores do Vaticano, significa que as coisas seguem um percurso natural transformando-se, por vezes, noutras. Como o macaco deu origem ao Homem, ou o bacon ao porco.


Além disso, continuará, provavelmente, a ser um dos poucos blogues portugueses cujo nome contém uma palavra com dois acentos, e este é um dos meus maiores orgulhos.



Esta é também a altura do ano em que se dá a maior corrida ao supermercado em busca de álcool. Vodkas, espumantes, vinhos, cervejas, etílico, vale tudo. Exemplo disso é Zé Rolha, funcionário da Câmara e um bon vivant que aproveita sempre esta ocasião ao máximo.


Muitas vezes, mesmo para lá do máximo.


E por esta década é tudo. Aproveito para vos desejar a todos um feliz ano novo e aquelas tretas habituais. Vemo-nos do outro lado da meia noite.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial