29.7.10

Rocha


Rocha é uma pêra. Só assim, Rocha.

Podia chamar-se Vanessa ou Maria do Carmo. Não. Chama-se Rocha, como o outro do Duarte & Cia. Lá no bairro muito se conta sobre Rocha, a pêra.

Dizem que em casa se veste de Kiwi.

Dizem que foi vista a entrar numa salada de frutas.

Dizem que ter feito parte do grande sucesso musical de Dina foi o fim de todas as suas aspirações.

Dizem que tem problemas de alcoolismo. As comadres à janela até escarneiam dela, chamando-a de pêra bêbada. Ainda há dias, no supermercado onde trabalha, após um consumidor lhe ter pegado, apalpado e voltado a largar, duas maçãs reinetas comentavam:

- Olha, lá está outra vez aquela pêra. Vai meio torta, cá para mim já está bêbada.

A outra, porém, sem querer dizer logo "esfola":
- Nah! Acho que está só um bocadinho tocada.

Seja verdade ou não, a vizinhança lá arranja sempre o que comentar. Afinal, para quase toda a gente, a vida de Rocha, a pêra, parece ter muito mais sumo do que as suas próprias.
.
.
.
Rocha, a pêra. Está apresentada a nova residente deste blog. Vão vê-la por cá mais vezes.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial