6.10.08

Estado crítico

Brownie está aqui ao lado aos pulinhos, com a lente embaciada e a disparar flashes eufóricos. Não o via tão excitado desde aquela vez em que saiu com duas lomográficas… Esperem, acho que ele está a tentar dizer-me qualquer coisa.

Ah sim, ele tem uma pergunta para os leitores:

Quando foi a última vez que viram um bom filme sobre chico-espertismo?


Ok, eu explico. Brownie acabou de vir do cinema. Foi ver “Destruir depois de ler” (“Burn after reading” – deve ter sido um desafio traduzir este título).

A razão de tanta excitação é que Brownie entrou na sala com as expectativas lá em cima, afinal era o novo dos Coen. E toda a gente sabe que os Coen não são capazes de fazer um mau filme.

E “Destruir depois de ler” é, basicamente isso: uma sátira sobre dois pelintras que, julgando estar em posição de negociar, acham que podem fazer farinha com a CIA. O resultado é uma comédia inteligente, recheada de magníficos diálogos e um leque de personagens muito bem sacadas. Ali tudo bate certo ao milímetro.
Este filme tem tudo para se tornar mais um clássico, ao nível do consagradíssimo “Big Lebowski”.


Uma nota aparte para Brad Pitt, que surpreende novamente com um papel completamente diferente de todos os que já fez. Ponto extra.


Acho que é isto que Brownie está a dizer. Está muito confuso, o pequenino. Ainda não recuperou da emoção. Mas ele voltará em breve, uma vez que a sua agendinha cultural está a rebentar de filmes, peças e espectáculos a chamar por ele.

Até lá, bons clics.

3 Comentários:

Blogger Stamp disse...

'Não destruir depois de ver'

- este é o meu título para esse filme, depois de vê-lo ;)

Fenomenal.

1:06 da tarde  
Blogger Então oh coisinha? disse...

boa dica sim senhor, tenho de ver!:D
Obrigado Borwnie, já cá tás no coraçãozinho.

8:49 da tarde  
Blogger Então oh coisinha? disse...

Brownie

8:50 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial