25.2.08

Ri de quê? - II

É a pergunta que se impõe. De que ri um coco? Se uma vaca ri e isso serve para vender queijinhos, um coco rir não será, certamente, mais estranho. Urge saber o que provoca uma gargalhada no universo deste pequeno espécimen.

De que tipo de humor estaremos a falar?

Quanto mais cedo descobrirmos a resposta, mais cedo faremos este nosso amigo rir. E ele precisa. Estou a notá-lo algo tenso, macambúzio, um pouco blasé até.



Será que vai lá com anedotas? Experimentemos.

- Uma tartaruga ia a passear pela rua e é assaltada por um bando de chitas. Quando aparece a polícia a tartaruga responde: Não sei quem foi, aconteceu tudo tão depressa.





Não?






Nada?




Mas o quê, foi da piada? Não gostaste desta ou…?

Pois, eu compreendo-te.




Ok, então e cócegas? TU TENS CÓ-CE-GAS!!
[Voz palerma como se estivesse a falar para uma criança, enquanto esfrego suavemente o meu dedo no monitor, numa zona do coco que supostamente ficaria debaixo do seu braço, caso ele tivesse um.]


E daí se calhar não tens.


Humm…



E Pedro Santana Lopes? Nem mesmo o mais blasé dos cocos resiste a uma intervenção do guerreiro menino na assembleia.


O Benfica? Hum… melhor não, pode ter o efeito contrário.



Horóscopos?




Anõezinhos malabaristas?

3 Comentários:

Blogger H4rdDrunk3r disse...

Esquece... Não vais conseguir...

8:20 da tarde  
Blogger Margarida Guerreiro disse...

Então e se colocares um vídeo do Cavaco Silva a passar? Pensa nisso.

12:08 da tarde  
Blogger Porcos no Espaço disse...

A mim o Cavaco deprime-me. Além de que, se não funciona com Santana, é porque o caso é grave.

1:19 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial